Wednesday, 11 February 2009

A vantagem de saber idiomas

Paseig de Gràcia, Barcelona. Setembro de 2008. Fotografia de V.B.


Hoje tinha vontade de ser feliz, de sair para a rua, de ser eu. Sem a menor suspeita ou raciocínio do que me rodeava, apenas a verdade do corpo que sentia e do sol que o aquecia, e tudo o que tivesse que dizer em qualquer idioma, queria que me saísse tudo. Em qualquer idioma, e as palavras surgiam-me e multiplicavam-se no português, no castelhano, no catalão, no francês, no inglês. Hoje não queria buscar a origem das coisas múltiplices e obscuras, nem ponderar objectivamente as renúncias dos quotidianos. Nem lutar lutas que estão perdidas de antemão, nem tentar capturar o ar frio do Inverno, nem esperar quimeras no mármore do sonho.Hoje tinha vontade de falar sem pensar nas palavras, no seu som, na sua espuma de filigrana, brincar com outras vozes destes tempos que me apanharam e esquecer-me de tudo, perder tudo, perder a cabeça.

11 comments:

Tchi said...

O sentido do corpo na rua da verdade.

jj said...

Fala.

Tchi said...

Procura ser. Bilingue. Sim.

Que Barcelona te encha a alma com o que te seja mais essencial.

Beijinho.

Cuídate mucho.

M. said...
This comment has been removed by the author.
M. said...

Às vezes, muitas línguas não chegam para dizer o que queremos.

K. said...

As palavras sao a minha salvacao, M.

K said...

Olá K. Daqui K ;]

(disseram-me disseram-me e eu não resisti a deixar um olá!)

M. said...

As palavras são a nossa salvação.

testaravida said...

"Hoje tinha vontade de ser feliz..."
Lindo!

intruso said...

E não é que há mesmo dias assim...


abraço!

nadie said...

Perder a cabeça, renunciar ao quotidiano...hoje estou num dia assim, naqueles que tenho a certeza mesmo que temporaria que tenho a vida a reclamar por mim, para ser mudada:)
que boa visita a tua no meu blog e que bom passear numa cidade destas...
Parece que em Junho vou mesmo passear por Barcelona um dias, que espero que me inspire como tanto te tem inspirado!