Monday, 7 April 2008

O Segredo

Marzia. Autoretrato. Barcelona, Abril de 2008.

Vieste e deixaste-me a tua voz, e permanece ainda o tom melífluo das tuas palavras entre os espaços que visitaste. Deixaste-me o céu alaranjado da tarde e a calidez da amizade, a eterna alegria do talvez. Deixaste-me o Mediterrânico, os rios e as montanhas que se interpõem entre nós, e também a fórmula do regresso. Deixei-te o sol, a claridade enérgica das manhãs e a intensidade da luz difusa. Deixei para mim as trevas, a noite cerrada que já não assusta nem separa, para embalar em mim esse fulgor e continuar a ouvir a tua voz. Voltaste por entre as horas que passaram e tornei a encontrar-te nos jardins desta cidade, depois de cruzadas as portas romanas do tempo. No silêncio calarei o nosso segredo.

4 comments:

Mindericus Vulgaris said...

Olá

Pode informar-me qual será a melhor maneira de divulgar um site em língua catalã?

Obrigado

Cumprimentos

Vítor

Cientista said...

Que dedicatoria linda :)

tonsdeazul said...

Que ele, o segredo, fique então bem guardado em vós! :)

Bonito rosto!

Francine Esqueda said...
This comment has been removed by the author.